Um incêndio de grandes proporções atingiu um apartamento do condomínio Cittá Maris, na rodovia BR-316, bairro do Uriboca, em Marituba, região metropolitana de Belém. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA), duas idosas e uma criança ficaram presas no imóvel mas foram resgatadas e atendidas no próprio local pelos bombeiros, precisando receber oxigênio por conta da inalação de gás. Não houve vítimas fatais.

O sargento Jean Neves, do CBMPA, informou que o incêndio começou por volta das 20h30, após uma queda de energia no condomínio, que provavelmente resultou em um curto-circuito no sistema elétrico. “Logo depois, os moradores começaram a sentir cheiro de queimado. A situação ficou mais grave porque no andar de cima havia dois idosos e uma criança. Tivemos que intervir e retirar eles de lá”, explicou o bombeiro.

Segundo o sargento, as chamas consumiram o quarto do apartamento, além do banheiro e da sala. “O andar de cima e o andar de baixo do apartamento atingido já estavam cheios de gás, então se o resgate demora mais cinco minutos, seriam três vítimas fatais”, relatou Jean Neves.

A criança e as duas idosas, uma de 80 anos e outra de 60 anos, foram atendidas pelos próprios bombeiros após serem resgatadas, e precisaram receber oxigênio por conta da quantidade de gás inalado. “Elas ficaram muito tempo presas dentro do apartamento, estavam com medo de sair de lá”, explicou o sargento do CBMPA.

Carro pipa e ambulância foram enviados ao local (Elivaldo Pamplona / O Liberal)

Ainda segundo Jean Neves, o apartamento foi isolado pelo corpo de bombeiros e nesta quarta-feira (9) será feita perícia no local para determinar o real motivo do incêndio. “A rede de hidrantes do local estava funcionando, os moradores tiveram uma atuação muito boa, e logo em seguida nós contornamos a situação”, disse.

O sargento explicou que a estrutura do edifício não chegou a ficar comprometida, “somente o gesso que ficava na parte de cima, no forro”, completou. Os bombeiros utilizaram uma viatura de seis mil litros e uma unidade de resgate, em um trabalho que durou cerca de uma hora e meia, devido aos riscos do vazamento de gás.