PAPO CARAJÁS: Está preso à disposição da justiça Dário Gonçalves Nascimento, de 57 anos. Ele é acusado de estar estuprando a enteada de apenas nove anos há pelo menos um ano. A prisão ocorreu nesta quarta-feira (5) no Bairro Rio Verde, em Parauapebas.

De acordo a delegada Ana Carolina, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), a irmã mais nova da criança foi quem alertou a mãe sobre os acontecimentos. “A denúncia chegou a Deaca há duas semanas, quando a irmã mais nova da vítima denunciou a situação a mãe delas. Quando a mãe chegou em casa, abriu a porta do banheiro e avistou Dário pelado com a criança dentro do banheiro. Foi aí que ela – a criança – resolveu contar tudo para a mãe, haja vista que Dário a ameaçava para não informar nada”, informou a delegada. A autoridade ainda acrescentou que coisas assustadoras eram ditas a menor.

Delegada Ana Carolina acompanhou o caso

A vítima foi submetida a um exame de conjunção carnal e foi constatado os abusos sexuais.

Na Delegacia de Polícia Civil, Dário Gonçalves negou as acusações. “Ela estava brincando com a irmã mais nova e eu estava fazendo a barba dentro do banheiro quando ela entrou para se esconder. Não fiz nada com ela”, afirmou o homem em sua defesa.

Apesar da negativa em relação ao crime, ele foi encaminhado ao presídio de Parauapebas.