O 2º Comando de Policiamento Regional (CPR-II), assim como o 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), ambos em Marabá, e também o 23º BPM, sediado em Parauapebas, trocaram de comando. As mudanças não foram marcadas por cerimônias pomposas devido à pandemia do Coronavírus.

No CPR-II, assumiu o coronel Benedito Tobias Sabbá Correa, lotado anteriormente no Comando da Região Metropolitana, depois de ter passado pela Corregedoria da PM em Marabá. Ele substitui o coronel Juniso Honorato e Silva, que, por sua vez, assumiu o Comando da Região Metropolitana, fazendo uma troca com Sabbá.

Coronel Juniso Honorato

O CPR-II é responsável por quatro unidades policiais distribuídas em 16 municípios do sudeste do Pará. São eles: a 11ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), localizada em Rondon do Pará; 23º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que fica em Parauapebas; e o 4º e 34º Batalhões, ambos sediados em Marabá.

Coronel Benedito Tobias

Aliás, o 23º BPM, em Parauapebas, também está com novo comando desde ontem (24). Trata-se do tenente-coronel José Wilson de Moura, que anteriormente era chefe do Centro Integrado de Atenção Psicossocial em Icoaraci, distrito de Belém. Ele assume no lugar do coronel Gledson Melo dos Santos, que agora assume o 1º BPM, em Belém.

E em Marabá, além da troca de comando no CPR-II, também houve mudança no recém criado 34º BPM, que passa a ser comandado pelo tenente-coronel José Ricardo Chaves, que comandava a Polícia Militar no município de Santana do Araguaia, no sul do Pará.

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar no Pará, coronel Dílson Júnior, essa alternância de chefias nas unidades e grandes Comandos é necessária e salutar. “Os novos comandantes têm a responsabilidade de dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelos colegas que os antecederam, visando melhorar ainda mais os índices de segurança nas respectivas áreas de sua responsabilidade”, destacou.