Na da tarde desta segunda-feira (17), no Bairro Tropical I, em Parauapebas, policiais do Grupo Tático Operacional (GTO) prenderam Jaqueline Francisco Lima, 32 anos em sua residência, com ela foi encontrado 1.388 quilo de crack e 1.100 quilo de maconha. Ela é esposa de Antônio Carlos Leal Carvalho, o Carlão, preso no dia anterior por ser acusado de está envolvido com entorpecentes.

O cabo da Polícia Militar, J. Santos, disse que Jaqueline é conhecida como a primeira dama do tráfico, “uma espécie de líder feminina” no meio do tráfico na cidade. Também foi apreendida uma balança de precisão, R$ 271 em dinheiro, um aparelho celular Samsung, quatro rolos de papel filme e seis cartões de crédito.

Jaqueline confessou durante a abordagem policial fazer a distribuição e comercialização dos entorpecentes, e que estava “juntando” dinheiro para tirar o marido (Carlão) da prisão. Aliás, durante a prisão do companheiro de Jaqueline, foram encontrados com ele drogas e R$ 3 mil. Além disso, o suposto traficante teria tentado subornar agentes do GTO.

Jaqueline foi encaminhada para a 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas e ficará à disposição da Justiça. (Theíza Cristhine e Ronaldo Modesto | Correio de Carajás)