Depois das cenas de selvageria que foram vistas na orla da Marabá Pioneira, na noite do último domingo (16), a Polícia Militar garante que providências mais enérgicas serão tomadas para evitar as aglomerações e principalmente o vandalismo e violência que tomaram conta de um dos principais cartões postais da cidade.

As estratégias para garantir a segurança da área – e de outros locais de aglomeração na cidade – foram tomadas durante reunião do comitê de segurança pública que foi formado para tentar garantir a tranquilidade da população de Marabá neste período de pandemia.

O comitê é formado por representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria Municipal de Segurança Institucional (SMSI), Corpo de Bombeiros e o Departamento de Postura do Município.

Segundo o coronel Dayvid Sarah, comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), um efetivo de mais de 30 homens será empregado para reforçar o policiamento na sexta-feira, sábado e domingo.

Para o oficial, as cenas que foram filmadas e ganharam repercussão nacional, de desordem e pancadaria na orla, são uma ofensa à população. “Eu vi aquilo como uma atitude proposital e irresponsável, tentando de alguma forma afrontar os órgãos de segurança, atentando contra a segurança delas próprios e das outras pessoas que estavam ali”, critica.

Fonte: Zé Dudu