Atendimento da Policlínica Itinerante em Salvaterra, no Marajó
Foto: Jader Paes / Agência Pará

O Estado do Pará computou a maior redução no número de mortes por Covid-19 no Brasil. Os dados, divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa que realiza levantamentos sobre a doença, foram apresentados no Jornal Nacional desta quinta-feira (9). Com redução de 45% no número de óbitos pela doença, o Pará é o melhor colocado entre os cinco estados que apresentaram queda. Outros 11 estados mostraram estabilidade, quando a variação entre a média de mortes de hoje e a média registrada há 14 dias é de até 15%, para mais ou para menos. Oito unidades da Federação tiveram aumento no número de mortes, entre as quais o Distrito Federal.

A redução registrada pelo Pará resulta de várias medidas adotadas pelo Governo do Estado para conter a proliferação do novo coronavírus. Uma delas foi a Policlínica Itinerante, que iniciou as atividades no dia 14 de maio e já levou atendimento médico e remédios a mais de 60 municípios do interior paraense, beneficiando mais de 50 mil pessoas.

Profissional da Policlínica examina paciente em Capitão Poço, no nordeste do Pará
Foto: Marcelo Seabra / Ag. Pará

Mudança de perfil – A Policlínica Metropolitana, em Belém, realizou mais de 44 mil atendimentos entre os dias 21 de abril e 30 de junho. A mudança temporária no perfil dessa unidade foi importante para atender a demanda que não era suprida pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e pelos prontos-socorros da capital. A estratégia de tratar os casos leves e moderados no início do contágio foi elogiada pelo Ministério da Saúde. O mesmo protocolo foi adotado na Policlínica itinerante.

Entrega de medicamentos para pessoas atendidas no Hospital Abelardo Santos

Também houve mudança de perfil no Hospital Regional Dr. Abelardo Santos (HRAS), que passou a atender com “portas abertas” exclusivamente casos de Covid-19, ajudando a aliviar a demanda reprimida do município. Na unidade, 38 mil atendimentos foram feitos no “Abelardo Santos” do dia 30 de abril até o início desta semana.