Caixa anunciou as datas de recebimento da segunda parcela do Auxílio Emergencial. No entanto, antes de 30 de maio, quem recebe o benefício na poupança social digital do app Caixa Tem só poderá usar o dinheiro para pagar boletos, contas e fazer compras com o cartão virtual. Se você precisa tirar o benefício do Caixa Tem antes do fim do mês, veja alternativas para sacar o dinheiro do Auxílio Emergencial.

Atualização em 25/5/2020: a Caixa Econômica Federal (CEF) bloqueou o saque da segunda parcela do Auxílio Emergencial antes do dia 30 de maio, para evitar aglomerações em caixas eletrônicos. Será necessário respeitar o calendário informado abaixo.

Quando a 2ª parcela do Auxílio Emergencial será liberada?

Para beneficiários do programa Bolsa Família, a liberação da segunda parcela seguirá o mesmo calendário de pagamento, de acordo com o final do NIS:

Final do NISData da liberação da 2ª parcela
118 de maio de 2020
219 de maio de 2020
320 de maio de 2020
421 de maio de 2020
522 de maio de 2020
625 de maio de 2020
726 de maio de 2020
827 de maio de 2020
928 de maio de 2020
929 de maio de 2020

Para os demais cidadãos, o calendário é o seguinte:

Mês de nascimentoData para recebimento
Janeiro e fevereiroA partir de 20 de maio de 2020
Março e abrilA partir de 21 de maio de 2020
Maio e junhoA partir de 22 de maio de 2020
Julho e agostoA partir de 23 de maio de 2020
Setembro e outubroA partir de 25 de maio de 2020
Novembro e dezembroA partir de 26 de maio de 2020

Atenção: antes de 30 de maio de 2020, aqueles que não informaram uma conta bancária no cadastro do benefício só poderão usá-lo a partir do aplicativo Caixa Tem, por meio da poupança social digital, para pagamento de contas ou boletos ou com o cartão de débito virtual, para fazer compras.

O cartão de débito virtual é como um cartão de crédito normal. O beneficiário receberá a sequência de 16 números, data de validade e código de segurança do cartão pelo app. Ao usar esse cartão, a compra é debitada automaticamente da poupança social digital.

Como emitir o cartão de débito virtual?

Como sacar o dinheiro do Auxílio Emergencial

O beneficiário pode usar o cartão virtual para transferir esse dinheiro para outras carteiras virtuais, como o PicPay e sacar em caixas eletrônicos da rede Banco24Horas. No entanto, o saque, até mesmo pelo aplicativo do PicPay, está bloqueado até 30 de maio.

Dica: é possível usar o PicPay para receber o dinheiro do Auxílio Emergencial e em seguida fazer a transferência do PicPay para uma conta bancária, de qualquer banco e aí fazer o saque.

Para transferir o Auxílio Emergencial para o PicPay:

  1. Após ter emitido o cartão de débito virtual, acesse o PicPay toque na guia “Carteira”;
  2. Toque em “Adicionar”;
  3. Escolha a opção “Cartão de débito virtual da Caixa”;
  4. Selecione a opção “Já tenho o cartão virtual”;
  5. Digite os dados do cartão para cadastrá-lo no PicPay;
  6. Depois, escolha o valor que deseja transferir do Caixa Tem ao PicPay.
Sacar dinheiro do Auxílio Emergencial pelo PicPay / Lucas Lima / Captura de tela

Lembrando que o dinheiro que foi transferido do Caixa Tem para a carteira digital do PicPay também pode ser usado para transferir para outra conta bancária.

Transferir para a NuConta (Nubank), C6 Bank ou outra conta digital:

De acordo com a portaria 386/2020 publicada no Diário Oficial da União, os recursos da poupança social digital (Caixa Tem) não poderão ser usados para transferências. Mas, já que é possível pagar um boleto, então convém gerar um para depósito em outra conta digital e assim conseguir sacar na rede Banco24Horas.

Para isso, basta acessar o banco digital que você usa (Nubank, C6 Bank, Banco Inter ou qualquer outro) e escolher a opção para depositar via boleto.

Importante lembrar que o depósito via boleto não é imediato. Após o pagamento, o processamento pode demorar até três dias úteis.

Quando posso sacar o Auxílio Emergencial na Caixa?

Quem puder esperar, o saque da segunda parcela do Auxílio Emergencial poderá ser feito nos caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal a partir do fim de maio. Confira o calendário:

Mês de nascimentoData para saque na Caixa
JaneiroA partir de 30 de maio de 2020
FevereiroA partir de 1 de junho de 2020
MarçoA partir de 2 de junho de 2020
AbrilA partir de 3 de junho de 2020
MaioA partir de 4 de junho de 2020
JunhoA partir de 5 de junho de 2020
JulhoA partir de 6 de junho de 2020
AgostoA partir de 8 de junho de 2020
SetembroA partir de 9 de junho de 2020
OutubroA partir de 10 de junho de 2020
NovembroA partir de 12 de junho de 2020
DezembroA partir de 13 de junho de 2020

Essa é uma medida para evitar aglomerações em caixas eletrônicos. Programe-se para ir ao banco no dia da liberação para o seu mês de nascimento, tomando os devidos cuidados.

Com informações: Caixa Econômica Federal.