A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) iniciou nesta quarta-feira (22) a remessa dos cartões do vale-alimentação escolar às unidades de ensino do interior do Pará. Entre as regiões de integração já contempladas estão Baixo Amazonas, Carajás e Araguaia. Pertencem a essas regiões os municípios de Água Azul do Norte, Bannach, Conceição do Araguaia, Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, Ourilândia do Norte, Pau D’Arco, Redenção, Rio Maria, Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Sapucaia, Tucumã e Xinguara; Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Terra Santa e Santarém; Bom Jesus do Tocantins, Brejo Grande do Araguaia, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado do Carajás, Marabá, Palestina do Pará, Parauapebas, Piçarra, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia e São João do Araguaia.

O vale vai garantir a alimentação dos estudantes durante o fechamento das escolas

Na maioria desses municípios os cartões já começaram a chegar, com previsão de conclusão de entrega nos próximos dias. “Não é possível entregar todos de uma vez devido à logística e às distâncias geográficas dessas localidades. Para alguns municípios os cartões tiveram de ser enviados de lancha ou avião”, informou a secretária adjunta de Ensino da Seduc, Regina Pantoja.

Em Monte Alegre, centenas de pais compareceram às escolas assim que os cartões do vale-alimentação chegaram às unidades. Já em Conceição do Araguaia, a Unidade Regional de Educação (URE), que atende mais seis municípios (Floresta do Araguaia, Pau D’arco, Cumaru do Norte, Santana do Araguaia, Santa Maria das Barreiras e Redenção) iniciou a entrega de 10.729 cartões, de acordo com o protocolo de segurança orientado pelo decreto governamental.

Para reduzir a aglomeração, ficou definido que cada série terá um horário específico para a entrega, além de ser necessário o uso de máscara de proteção no local e uma caneta pessoal para a assinatura do recebimento. De acordo com a gestora da URE 15, Ingrid Figueiredo, tudo ocorreu como planejado. “Os pais chegaram cedo. Não houve tumulto e a entrega do benefício aos alunos foi um sucesso devido à nossa organização prévia”, afirmou.

Para Kaliane Silva, mãe de cinco crianças, receber o benefício para os três que estudam na escola estadual foi muito importante. “Nesse momento difícil pra conseguir emprego, uma mãe de cinco crianças, como eu, só tem a agradecer. Veio em boa hora”, garantiu Kaliane Silva.

Empenho – A Seduc esclarece que nessas regiões os alunos ou responsáveis devem verificar na própria escola os estabelecimentos de ensino credenciados para a compra dos alimentos. “A Seduc está se empenhando juntamente com as empresas contratadas para agilizar a entrega dos cartões nas demais regiões do Estado – Guamá, Lago de Tucuruí, Marajó, Rio Caeté, Rio Capim, Tapajós, Tocantins e Xingu”, disse Regina Pantoja.

Hoje, a Secretaria de Educação também reforçou a remessa de cartões às últimas unidades de ensino da região de integração Guajará (que engloba os municípios de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara do Pará). Nestes municípios a entrega dos cartões iniciou na última quinta-feira (16) e será concluída até esta sexta-feira (24).

Em Benevides, os alunos aprovaram o recebimento do vale-alimentação. “Na minha casa os alimentos já estão acabando, e esse vale vai garantir a minha alimentação do mês”, contou Henrique Nascimento, aluno do curso técnico de Informática da Escola Ana Teles. Ainda em Benevides, a dona de casa Alda Paiva e a filha, Doriane Paiva, foram juntas receber o cartão na Escola Otávio Meira. “Veio em boa hora! Tem muita gente precisando e, por isso, achamos que essa iniciativa está de parabéns”, afirmou Alda Paiva.

Até o momento, a Seduc totaliza a remessa de 300 mil vales. A iniciativa do governo do Estado vai beneficiar 566.263 mil estudantes, de 907 escolas, nos 144 municípios paraenses.