Eliseu Santos, de 19 anos, já confessou à polícia de Altamira, ter matado e enterrado três pessoas. Todos os corpos foram encontrados em menos de 48 horas, enterrados nas dependências da casa onde ele mora, na Rua Pinheiro, no bairro Bela Vista em Altamira, no sudoeste do Pará.

VEJA TAMBÉM:

O primeiro corpo encontrado na manhã de ontem (12 de março), era Luiz Carlos Calixto Barros, de 43 anos. Luiz Carlos estava desaparecido há seis meses. Uma equipe da Polícia trabalhava no caso. As investigações trabalham com a hipótese de latrocínio, já que o dono da casa foi encontrado com a moto de Luiz Carlos. A Polícia acredita que a vítima teria sido morta com golpes de faca no pescoço após reagir a um assalto. Os restos mortais da vítima foram enviados para Belém, onde a perícia fará a identificação oficial do corpo.

O segundo corpo foi encontrado na manhã desta sexta-feira 13, também nas dependências da casa de Eliseu. Trata-se de José Raimundo Rodrigues dos Santos, de 36 anos, popularmente conhecido como Oziel. Ele estava desaparecido desde a última segunda-feira, 9. De acordo com a Polícia Civil de Altamira, José Raimundo já tinha passagem pela delegacia de Altamira acusado de roubo. A suspeita é que José Raimundo foi executado na última segunda-feira mesmo, com cortes na cabeça, e o crime provavelmente teria acontecido na sala da casa do maníaco. O corpo de José Raimundo está sendo periciado pelo Instituo Médico Legal em Altamira, que irá apontar a causa da morte.

O terceiro corpo também foi localizado nesta sexta-feira. Eliseu que está preso resolveu confessar no final da tarde mais uma vítima que estaria enterrada em sua residência. O corpo provavelmente seja de Walison Varela, de 22 anos, que estava desaparecido desde fevereiro do ano passado.

A série de crimes bárbaros cometidos por Eliseu deixou os moradores do bairro espantados. O assassino em série já teve a prisão preventiva decretada pela justiça.

Por Wilson Soares

Fotos: Redes Sociais