O Ministério Público do Estado do Pará, por meio da promotora Mônica Rei Freire da Promotoria de Justiça da Infância e Juventude, denunciou em maio deste ano, Gilberto Egues da Costa, pelo crime de estupro (art. 213, § primeiro do CP) de uma adolescente.

A sentença condenatória foi divulgada na semana passada. Acolhendo a denúncia do MP o juízo da Primeira Vara de Crimes contra Crianças e Adolescentes de Belém condenou o acusado a 25 anos de reclusão e 144 dias de multa pelo crime.

O crime ocorreu nas imediações da BR-316, de acordo com a denúncia, Gilberto Egues da Costa, usava sempre a mesma tática para atrair suas vítimas. Com uma arma ele obrigava as vítimas a subirem na parte da frente de sua bicicleta e as levava para um lugar ermo onde praticava o estupro.

A adolescente não foi a única vítima, o Ministério Público pediu a condenação de Gilberto Egues da Costa pelo estupro de outra jovem, ocorrida em situação semelhante. O MP já pediu a condenação do réu e aguarda o resultado da sentença. 

Texto: Ascom MPPA