Uma parceria público-privada entre o Governo do Pará e empresa Buritirama Mineração deve garantir a pavimentação de 136 quilômetros da estrada do Rio Preto, no sudeste paraense. Nesta quinta-feira (26), o secretário de Estado de Transportes (Setran), Pádua Andrade, recebeu em seu gabinete o diretor de Relações Institucionais da Buritirama, Paulo Ivan Campos, para discutir a elaboração do protocolo de intenções da parceria.

A tratativa para garantir as obras na estrada (que pertence a malha rodoviária federal) ocorre há alguns meses na qual o Governo do Estado tem demonstrado interesse em resolver o problema da rodovia, que está em péssimas condições de trafegabilidade.

“O governador Helder Barbalho, reuniu com a direção da empresa e determinou a elaboração de projeto e orçamento, que ficam prontos ainda em janeiro próximo, para pavimentação do trecho, importante corredor de escoamento da produção mineral e agropastoril da região sudeste paraense. A estrada do rio Preto tem sido, por mais de 40 anos, objeto de luta de moradores locais pela sua pavimentação”, destacou Pádua.

A Estrada do rio Preto aberta em 1982, que é uma extensão da rodovia BR-222, possui 260 km de extensão, por onde trafegam diariamente mais de dois mil caminhões carregados de minérios, gado e grãos, abrangendo os municípios de Marabá, Itupiranga, Novo Repartimento e São Félix do Xingu.

Fonte
Radio Clube de Marabá