Audiência foi convocada para 14 de janeiro, das 9 às 13 horas, no Ginásio Poliesportivo Municipal

Evento será realizado em 14 de janeiro, no ginásio poliesportivo municipal. Objetivo é discutir sobre as compensações devidas a comunidades atingidas pela construção da Usina

O Ministério Público Federal (MPF) vai realizar audiência pública para promover o debate sobre os impactos socioambientais da usina hidrelétrica de Tucuruí (PA) e de suas eclusas. Também serão debatidas as compensações devidas às comunidades atingidas. O evento foi convocado para 14 de janeiro, das 9 às 13 horas, no Ginásio Poliesportivo Municipal, na avenida 7 de Setembro, em Tucuruí.

Além do convite para a participação de toda a sociedade – respeitada a capacidade máxima do ginásio, que é de 1,5 mil pessoas – o MPF está convidando para a audiência pública representantes da Eletronorte, da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), e dos municípios atingidos.

As pessoas interessadas em se manifestar no evento devem se inscrever no formulário eletrônico disponível em www.mpf.mp.br/pa/inscricao até às 18 horas do dia anterior ao evento, ou, na data do evento, devem informar presencialmente seus dados à equipe de organização da audiência pública, em local especialmente reservado para tais inscrições, que serão recebidas a partir de 30 minutos antes do início dos trabalhos.

O edital de convocação da audiência pública contém as regras que vão disciplinar o andamento do evento, e demais detalhes importantes.

Acesse aqui a íntegra do edital de convocação da audiência pública. 

Ministério Público Federal no Pará