A prisão em flagrante dos acusados Anderson Patrick Magalhães Neves, conhecido como “Tchuba”, e Emerson Miranda Salgado, conhecido como “Salgado”, ocorreu nesta quinta-feira (05), pela prática de tráfico de drogas. A Polícia Civil recebeu denúncia anônima de que um imóvel estaria sendo utilizado para a realização de festas e que este local seria um ponto de tráfico de drogas.

Diante das informações, a equipe policial se deslocou até o Conjunto Catalina, situado no município de Ananindeua, região metropolitana de Belém, no intuito de apurar a denúncia. Chegando ao local, os policiais encontraram no imóvel Anderson Patrick e Emerson Miranda.  Nas buscas foram encontradas 39 unidades de material entorpecente conhecida como “Ecstasy” ou “Bala” e duas porções da droga conhecida como “maconha”. 

Segundo o delegado Jarson Silva, essas festas “raves” acabam sendo locais em que ocorrem a comercialização e consumo de drogas de todos os tipos, sobretudo as sintéticas, e que o tráfico é direcionado aos jovens. “Isso requer um combate intenso e nós iremos procurar responsabilizar todos os envolvidos”, ressalta.

Os indivíduos foram encaminhados à Divisão Estadual de Narcóticos – DENARC, onde foram autuados e encaminhados ao Sistema Penal, para serem apresentados à Justiça.

A ação foi realizada pela Divisão Estadual de Narcóticos – DENARC, sob comando do delegado Jarson Silva, respondendo pela direção da DENARC.

Por Luiz Claudio Oliveira (ASCOM PCPA)